sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Óleo de côco: um grande aliado à nossa saúde

Leite de côco, picolé de côco, doce de côco, cocada, cuzcuz doce, tapioca… A culinária brasileira é cheia de usos do côco. Mas vocês já ouviram falar das propriedades do óleo dessa fruta? O óleo de côco é obtido a partir da prensagem da carne do côco maduro, que pode ser fresco ou seco. É rico em substâncias antioxidantes e apresenta propriedades funcionais, conferindo diversos benefícios à saúde. Estudos demonstraram que o consumo regular do óleo de côco virgem ajuda a baixar a pressão, para quem sofre de hipertensão, ajuda a quem sofre de problemas circulatórios, ajuda na cura da depressão e oscilações de humor, prisão de ventre, reduz as dores da artrite e artrose, normaliza o colesterol, combate o refluxo gastro-esofáfico e a azia. E o que é melhor: ele ajuda a emagrecer e a perder gordura abdominal! Não é milagre! Ele é um leve termogênico, que faz com que o metabolismo aumente e com isso o organismo queime mais rápido as gorduras. Além disso, ele faz com que a pessoa sinta menos vontade de comer doces e alimentos com gorduras, fazendo assim a pessoa “perder barriga”.
O óleo pode ser consumido de diversas formas: misturado a sucos, shakes e vitaminas, como tempero na salada, substituindo qualquer outro óleo na culinária, ou tomado puro. Se essa for a sua escolha, o recomendado é ingerir duas colheres de sopa do óleo puro por dia, uma pela manhã e outra no final da tarde. Há casos de pessoas que tomaram o óleo de côco virgem e perderam até 4,5Kg em um mês apenas acrescentando o óleo na sua alimentação. De uma maneira geral, não possui contraindicações quando consumido em uma quantidade de 30-45 ml/dia (2 a 3 colheres de sopa). Recomenda-se começar seu consumo com uma pequena quantidade (equivalente a ½ colher de sopa) e ir aumentando o consumo gradualmente. O consumo excessivo pode levar a enjôo e mal estar. O óleo do côco pode ser encontrado em sua casa de produtos naturais de confiança. Certifique-se de que ele é virgem e se puder também orgânico, que terá 100% de garantia de que não possui nenhum químico ou agrotóxico prejudicial à sua saúde. Eu já estou fazendo uso desse óleo há 2 semanas e tenho me sentido muito bem. E você, já conhecia o óleo de côco ou faz uso dele? Deixe aqui o seu depoimento! Um grande beijo!

4 comentários:

Yolanda disse...

Já li sobre o assunto, esse óleo está caro, mas se valer a pena trocar pelos kilinhos, seja bem vindo! Bjs e parabéns e bom final de semana.

Rosana Albuquerque disse...

Grazy Querida!!
Quanto tempo mesmo!!Saudades.....
Também fiquei um tempo afastada e voltei.
Tenha um ótimo final de semana.
Beijinhos

Iliane disse...

eu posso afirmar que realmente êsse oleo é tudo de bom mesmo..para o que se propõe..já estou no meu segundo vidro do oleo..e olha ..meu metabolismo está maravilhsos..e posso afirmar que estou dando "uma secadinha!" com ele..eu tô amando usar esse produto..boa materia..bjus

Executiva de Panela disse...

Esses dias fui à zona cerealista, aqui em SP, e vi muitos frascos de óleo de coco. Ahhh se eu soubesse desses tantos benefícios, levaria ele. Está anotado em minha lista de compras para uma próxima oportunidade. Abraços, Paula

Postar um comentário

Dê o seu pitaco à vontade!