quinta-feira, 12 de março de 2009

Farro

Trata-se de um cereal de nome curioso, quase ignorado por metade do mundo, sumariamente desconhecido no Brasil, mas que nasceu e foi largamente usado como alimento desde a Antiguidade. O farro, chamado em alguns países também de “emmer”, volta agora a ter suas diversas qualidades apreciadas por amantes da cozinha natural.



Em países como Estados Unidos e Itália, ele já é considerado a última tendência culinária. O farro, um parente próximo do trigo (chamado cientificamente de Triticum dicoccum) vem sendo usado de todas as formas, seja moído ou em grãos, misturado a saladas, sopas e na confecção de massas de pizza, pão e macarrão.



Apesar de ser muito utilizado e ter grande importância nutricional, o farro caiu no esquecimento logo após a queda do Império Romano. Lavradores encontraram cereais mais produtivos e fáceis de cultivar, e o uso do farro entrou em declínio.



No Brasil, o farro já começa a ser vendido em empórios e lojas de produtos culinários importados. Ao natural, ele tem coloração marrom-clara parecida com a do trigo grano duro (sendo que o diferencial entre um e outro é a casca, que adere ao grão do farro durante a colheita, como ocorre com a cevada e com a aveia). O mais comum, no entanto, é encontrar o farro já na forma de massas importadas embaladas.



Dar uma chance ao farro e experimentar, agora, é quase uma obrigação histórica!

5 comentários:

Andrea Patelli disse...

Adorei a dica, comecei nessa semana um curso sobre alimentação natural, vou experimentar o Farro...será que o encontro aqui nos em Mogi Mirim?
Vou procurar depois te conto, ok

adorei seu blog, vou segui-lo...

beijosss

Rose disse...

Oiiies...por isso que gosto dessa vida de blogueira...to sempre aprendendo...nunca tinha ouvido falr em farro...mas vou procurar saber mais...obrigada pela dica.

Bjinhus

Nani disse...

Não conhecia e adorei saber, parabéns pelo blog, bjs.

Gina disse...

Grazy, esse não conheço. Aliás, adoro descobrir coisas novas.
Bjs.

Lúcia disse...

Oi, Grazy! Nossaaa, nunca ouvi falar!!! Valeu por compartilhar! Bjins

Postar um comentário

Dê o seu pitaco à vontade!